Volume hídrico do Ceará cai para 12,5%

O estado do Ceará conta hoje com apenas 12,5% de sua capacidade total. Volume hídrico teve pouca recarga neste ano. Castanhão está com 9,82% e Açude Orós tem 33,68%.

Apesar das chuvas de pré-estação, o açude Castanhão, principal açude que abastece a Grande Fortaleza, registrou queda no volume de água. Segundo a Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), o açude tem atualmente 9,84% da sua capacidade máxima.

Em relação à média de água em todos os açudes do Ceará monitorados pela Cogerh, o volume caiu de 13,6% em 15 de janeiro para 12,5% neste domingo (6).

De acordo com o boletim hidrográfico da Cogerh, todos os açudes monitorados pela Companhia estão com volume abaixo de 30%. A situação mais preocupante, de acordo com o boletim hidrológico da Cogerh, é a da bacia do Baixo Jaguaribe, onde a reserva hídrica está em apenas 0,88% da capacidade de armazenamento.

O Ceará deve ter pouca chuva em todas as suas regiões até maio de 2016 devido à forte atuação do fenômeno El Niño, segundo previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O Ceará sofre escassez e estiagem desde 2011.

(Ceará 247)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *