Blog do Marcelo Sá

Camilo anuncia suspensão de impostos a micro e pequenas empresas por 90 dias e atende demandas de setores

O Povo

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou ontem uma série de medidas fiscais para remediar o impacto do coronavírus (covid-19) para empresas contribuintes no Estado, por três meses. O principal ponto foi a solicitação da suspensão do imposto estadual para 295.565 micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional pelo prazo de 90 dias. Esta medida, porém, precisa ser avalizada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Dentre as ações anunciadas pelo governador estão a prorrogação de impostos atrasados que estão na lista de refinanciamento (Refis). Também foram suspensas as inscrições de empresas na Dívida Ativa do Estado, além do pagamento ao Fundo de Equilíbrio Fiscal do Estado (FEEF).

Meu estilo tem sido o diálogo e, conversando com o setor produtivo, que é muito importante para mitigar os efeitos econômicos do coronavírus e garantir o emprego das pessoas, tomei uma série de medidas e atendi a demandas do setor”, disse o governador.

A titular da Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz), Fernanda Pacobahyba, diz que até o fim da semana o Confaz anuncia sua decisão sobre a principal medida do pacote. O estado de São Paulo tentou a mesma ação, mas o conselho negou. O impacto econômico para as contas estaduais deve ficar na casa dos R$ 15 milhões mensais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *