Águas do Açúde Orós

A possível liberação de água do Açúde Orós para reabastecer a região Metropolitana de Fortaleza foi mais um vez destaque no caderno Regional do Diário do Nordeste nesta terça-feira(24/11). A matéria fala da preocupação de lideranças política, aquicultores e produtores rurais do entorno da bacia do Orós com a informação de que as águas desta histórica represa poderão ser liberadas em maior escala no ano que vem caso não haja recarga suficiente nos reservatórios que abastecem a Grande Fortaleza. O assunto já vem sendo levantado a alguns dias e tem provocado uma mobilização na cidade e na região no sentido de que o aumento da vazão, caso necessário, se dê mediante uma ampla discussão que seja guiada não só pelas necessidades da RMF mas também de todos os municípios que hoje dependem do Açude Orós.

Não é novidade que o “Orós” é considerado uma reserva hídrica importante no estado do Ceará e evidentemente há uma consenso de que a água como sendo um elemento natural do meio ambiente é um “bem de uso comum do povo”, e como tal deva ser utilizada em benefício da coletividade, porém o que se espera é que a discussão em torno de uma possível liberação em maior volume das águas do açude  atenda da melhor forma os interesses de todas as partes envolvidas.

Hoje o açude Orós pereniza o Vale do Jaguaribe até o Castanhão e ainda libera água para os municípios de Icó, Jaguaribe e Jaguariba, além de distritos neste municípios. O açude também é importante não só no abastecimento mas no sustento de inúmeras famílias que vivem da aquicultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *