Spaece 2018: Quase 90% das crianças cearenses estão alfabetizadas

Um total de 89,60% dos alunos cearenses da rede pública finalizaram o 2º ano do Ensino Fundamental (EF) alfabetizados, segundo o Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica (Spaece). Em 2007, somente 39,9% dos estudantes atingiram o mesmo desempenho. Os dados do Sistema foram apresentados pelo governador Camilo Santana durante seu bate-papo com a população pelas redes sociais nesta terça-feira (7).

Em 2018, o Ceará obteve o melhor desempenho histórico na alfabetização e no ensino fundamental, desde que o Spaece passou a avaliar o processo de aprendizagem, a partir do 2º ano, em 2007. A análise dos resultados de 2018 demonstra o crescimento nos níveis de aprendizagem do ensino fundamental no Estado.

O Spaece avaliou 100% das crianças que estão no 2º ano do Ensino Fundamental, por meio de prova de Língua Portuguesa. A avaliação demonstra ainda uma redução no número de não alfabetizados. Em 2007, esse percentual era de 47,4% e, em 2018, caiu para 3,5%. A mudança revela uma consolidação do processo de alfabetização das crianças no Ceará.

O desempenho dos jovens do 5º ano do Ensino Fundamental na rede pública apresentou os seguintes resultados: em Língua Portuguesa, o percentual de alunos no nível adequado subiu para 53,7%, enquanto, em 2008, era de 6,9%; em Matemática, ficou em 41,2% diferente dos 3,6% apresentados em 2008.

Desde 2015, o Governo do Ceará desenvolve o Mais Paic – Programa de Aprendizagem na Idade Certa. Essa medida tem como finalidade ampliar o trabalho de cooperação já existente com os 184 municípios, que além da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do EF, passou a atender também do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II nas escolas públicas cearenses. As estratégias para alcançar a melhoria nestes níveis de ensino incluem o acompanhamento das escolas, a formação de professores e a utilização de material didático.

Essa etapa da educação básica (6º ao 9º ano) teve seu acompanhamento pelo Spaece, a partir de 2012. Naquele ano, o percentual de alunos no nível adequado em Língua Portuguesa era de 8,6%, subindo, em 2018, para 21,8%. Já em Matemática, o percentual de alunos no nível adequado passou de 3,9%, em 2012, para 12,7% em 2018.

De acordo com o levantamento, cerca de 327.563 mil alunos do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental de 4.347 escolas públicas participaram da avaliação externa.

No início do Programa, em 2007, dos 184 municípios, apenas 14 estavam no padrão Desejável em alfabetização das crianças ao final do 2º ano do Ensino Fundamental. Em 2017, esse número subiu para 182. Em 2018, manteve o resultado. Mais uma vez, o Ceará obteve avaliação positiva em todos os municípios nesta etapa da educação básica.

Spaece – Proficiência

A proficiência é uma medida que representa um conjunto de habilidades adquiridas pelos estudantes. No caso do Spaece, habilidades em língua portuguesa e matemática.

Conforme a escala de proficiência do Spaece, a média da rede pública cearense na alfabetização alcançou 194,98 pontos, estando no nível desejável de aprendizagem.

No 5º ano, a média conquistada pela rede pública em Língua Portuguesa foi de 229,3 pontos, correspondente ao nível adequado. Em Matemática, atingimos 236,9 pontos, nível intermediário.

Ainda de acordo com o Spaece, no 9º ano, obtivemos os seguintes resultados para Língua Portuguesa e Matemática: 260,8 e 260 pontos, respectivamente. Os números indicam que o trabalho desenvolvido está no caminho certo para alcançar os melhores resultados no final do ensino fundamental e garantir que os estudantes cearenses estejam preparados para o ingresso no Ensino Médio.

Essa melhoria nos níveis de alfabetização e dos primeiros anos do ensino fundamental alcançada no Ceará deve-se à boa combinação dos esforços de todos os municípios com o apoio estadual.

Prêmio Escola Nota Dez

Com o objetivo de reconhecer o esforço em prol da alfabetização logo nos primeiros anos de escolaridade e a continuidade desse trabalho nas séries seguintes, existe o Prêmio Escola Nota Dez. Instituída pelo Governo do Ceará, a premiação está em sua décima edição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *