Chuvas animam o povo cearense

As chuvas que vem caindo no Ceará neste inicio de ano trouxeram alegria e esperança ao povo cearense, especialmente aqueles que vem sendo afetados mais diretamente pela escassez de água resultado de 4 anos de seca. Nem mesmo o prognóstico de chuva 65% abaixo da média divulgado pela FUNCEME semana passada desanima ou diminui a esperança de termo novamente uma boa quadra chuvosa. Aliás é importante destacar que nem mesmo a ciência afirma com 100% se haverá um bom inverno ou não e os números apresentados apontam que ainda há a possibilidade, embora menor de termos um inverno na média(25%) ou acima da média(10%).

A grande preocupação é em relação ao aporte hídrico já que o ceará conta hoje com apenas 12,5% de sua capacidade total.  Além das chuvas deste mês a sangria de 3(três) açudes também trouxe empolgação neste começo de ano embora o aporte ainda pareça insignificante considerando a capacidade hídrica total do nosso estado.

Embora as precipitações chuvosas tenham atingido todas as regiões nos últimos dias as chuvas refletiram dirtamente nas bacias do Alto Jaguaribe e do sertão de Crateús e outras bacias hidrográficas ainda estão em situação crítica.

O Açude Orós que compõe a Bacia do Alto Jaguaribe acabou tendo um aumento do seu volume nos últimos dias, subindo 6 cm, estando hoje com 643,530,000 m³ o que equivale a 33,17% de sua capacidade. Considerando os últimos 5 dias o aporte foi de mais de 4 milhões de metros cúbicos. Pode parecer pouco diante da grandeza do “Orós”, mas se as chuvas que alimentam a nossa esperança continuarem a cair nos próximos meses certamente veremos a segunda maior barragem do estado recuperar uma parte considerável de sua capacidade hídrica o que traria mais tranquilidade, uma vez que o Açude Orós é uma importante reserva hídrica e poderá ser utilizado para abastecer o Castanhão, caso este não tenha recarga suficiente neste ano.

O Açude Castanhão aliás teve uma recarga com as últimas chuvas, aumentando 0,06% e subindo 10cm. Porém o Castanhão, que está localizado na bacia do médio Jaguaribe, perde por dia cerca de 3 a 4 cm com a evaporação. Em um ano, o Castanhão sofreu uma queda no nível de volume de aproximadamente 57%.

Confira como está a situação dos açúdes monitorados pela COGERH:

Açude Município Capacidade Volume (%) Bacia
CALDEIRÕES Saboeiro 1.13 100% Alto Jaguaribe
TRICI Tauá 16.5 100% Alto Jaguaribe
COLINA Quiterianópolis 3.25 100% Sertões de Crateús
Açude Município Capacidade Volume (%) Bacia
CALDEIRÕES Saboeiro 1.13 100% Alto Jaguaribe
TRICI Tauá 16.5 100% Alto Jaguaribe
COLINA Quiterianópolis 3.25 100% Sertões de Crateús
Açude Município Capacidade Volume (%) Bacia
ACARAU MIRIM Massapê 40.26 29.4% Acaraú
ARARAS Varjota 891 6.23% Acaraú
ARREBITA Forquilha 18.53 7.15% Acaraú
AYRES DE SOUZA Sobral 96.8 15.5% Acaraú
BONITO Ipú 6 1.23% Acaraú
CARÃO Tamboril 26.23 1.42% Acaraú
CARMINA Catunda 13.48 1.08% Acaraú
EDSON QUEIROZ Santa Quitéria 254 14.55% Acaraú
FARIAS DE SOUSA Nova Russas 12.23 1.27% Acaraú
FORQUILHA Forquilha 50.13 4.3% Acaraú
JATOBÁ II Ipueiras 6.24 3.67% Acaraú
SOBRAL Sobral 4.27 26.12% Acaraú
TAQUARA Cariré 320.78 9.08% Acaraú
ARNEIROZ II Arneiroz 187.7 14.9% Alto Jaguaribe
BENGUÊ Aiuaba 18 27.32% Alto Jaguaribe
BRÔCO Tauá 8.442 0.41% Alto Jaguaribe
CANOAS Assaré 69.25 13.78% Alto Jaguaribe
DO CORONEL Antonina do Norte 1.77 17.02% Alto Jaguaribe
FACUNDO Parambu 1.75 22% Alto Jaguaribe
FAÉ Quixelô 19.2 0.04% Alto Jaguaribe
FAVELAS Tauá 30.1 0.46% Alto Jaguaribe
FORQUILHA II Tauá 3.4 0% Alto Jaguaribe
JOÃO LUÍS Araripe 4.3 11.49% Alto Jaguaribe
MAMOEIRO ANTONINA DO NORTE 20.49 16.34% Alto Jaguaribe
MONTE BELO Araripe 3.964 0.56% Alto Jaguaribe
MUQUÉM Cariús 46.55 28.6% Alto Jaguaribe
PARAMBU Parambu 8.6 8.33% Alto Jaguaribe
PAU PRETO Potengi 1.9 2.81% Alto Jaguaribe
POÇO DA PEDRA Campos Sales 52 2.18% Alto Jaguaribe
QUINCOÉ Acopiara 4.3 0% Alto Jaguaribe
RIVALDO DE CARVALHO Catarina 20.1 11.19% Alto Jaguaribe
TRUSSU Iguatu 268.8 22.74% Alto Jaguaribe
VÁRZEA DO BOI Tauá 51.91 8.28% Alto Jaguaribe
S. ANT. DE RUSSAS Russas 24 0.23% Baixo Jaguaribe
BANABUIÚ Banabuiú 1601 0.53% Banabuiú
CAPITÃO MOR Pedra Branca 6 20.37% Banabuiú
CEDRO Quixadá 126 0.64% Banabuiú
CIPOADA Morada Nova 86.09 1.02% Banabuiú
FOGAREIRO Quixeramobim 118.9 0.02% Banabuiú
JATOBÁ Milhã 1.07 6.54% Banabuiú
MONS. TABOSA Mons. Tabosa 12.1 6.64% Banabuiú
PATU Senador Pompeu 71.83 7.31% Banabuiú
PEDRAS BRANCAS Quixadá 456 13.38% Banabuiú
PIRABIBU Quixeramobim 74 0% Banabuiú
POÇO DO BARRO Morada Nova 52 1.9% Banabuiú
QUIXERAMOBIM Quixeramobim 7.889412 0% Banabuiú
SÃO JOSÉ I Boa Viagem 7.67 0% Banabuiú
SÃO JOSÉ II Piquet Carneiro 21 1.19% Banabuiú
SERAFIM DIAS Mombaça 40.94 0.17% Banabuiú
TRAPIÁ II Pedra Branca 18 1.76% Banabuiú
UMARI Madalena 35.3 0.65% Banabuiú
VIEIRÃO Boa Viagem 20.7 0% Banabuiú
ANGICOS Coreaú 56.05 5.52% Coreaú
DIAMANTE Coreaú 13.2 12.76% Coreaú
GANGORRA Granja 54.4 20.08% Coreaú
MARTINÓPOLE Martinópole 24.83 10.35% Coreaú
PREMUOCA Uruoca 5.2 1.41% Coreaú
TRAPIÁ III Coreaú 5.51 26.5% Coreaú
VÁRZEA DA VOLTA Moraújo 12.5 6.85% Coreaú
CAXITORÉ Umirim 202 6.36% Curu
DESTERRO Caridade 5.01 3.4% Curu
ESCURIDÃO Canindé 2.72 2.49% Curu
FRIOS Umirim 33.02 4.47% Curu
GENERAL SAMPAIO General Sampaio 322.2 2.41% Curu
ITAPAJÉ Itapajé 4.24 19.23% Curu
JERIMUM Irauçuba 20.5 0.01% Curu
PENTECOSTE Pentecoste 360 1.51% Curu
SALÃO Canindé 6.04 0.99% Curu
SÃO DOMINGOS Caridade 3.2 0% Curu
SÃO MATEUS Canindé 10.33 0.48% Curu
SOUSA Canindé 30.84 0.14% Curu
TEJUÇUOCA Tejuçuoca 28.11 1.97% Curu
GERARDO ATIMBONE Sobral 4 3.3% Litoral
MISSI Miraíma 65.3 15.64% Litoral
MUNDAÚ Uruburetama 21.3 26.72% Litoral
PATOS Sobral 7.55 20.98% Litoral
POÇO VERDE Itapipoca 12.43 29.24% Litoral
S. ANT. DE ARACAT. Sobral 24.34 8.34% Litoral
S. MARIA DE ARACAT. Sobral 8.2 0.76% Litoral
S. PEDRO TIMBAÚBA Miraíma 15.79 22.43% Litoral
ADAUTO BEZERRA Pereiro 4.79 0.4% Médio Jaguaribe
CANAFÍSTULA Iracema 13.11 1.6% Médio Jaguaribe
CASTANHÃO Alto Santo 6700 10.53% Médio Jaguaribe
EMA Iracema 10.39 2.65% Médio Jaguaribe
FIGUEIREDO Alto Santo 520 0.89% Médio Jaguaribe
JENIPAPEIRO Deputado Irapuan Pinheiro 14.59 3.01% Médio Jaguaribe
JOAQUIM TÁVORA Jaguaribe 26.77 25.78% Médio Jaguaribe
MADEIRO Pereiro 2.81 0.34% Médio Jaguaribe
NOVA FLORESTA Jaguaribe 5.19 0.39% Médio Jaguaribe
POTIRETAMA Potiretama 6.38 0.49% Médio Jaguaribe
RIACHO DA SERRA Alto Santo 23.47 4.67% Médio Jaguaribe
RIACHO DO SANGUE Solonópole 58.43 2.87% Médio Jaguaribe
SANTA MARIA Ererê 5.87 8.92% Médio Jaguaribe
SANTO ANTÔNIO Iracema 0.833 2.75% Médio Jaguaribe
TIGRE Solonópole 3.51 10.93% Médio Jaguaribe
ACARAPE DO MEIO Redenção 29.6 27.06% Metropolitana
AMANARY Maranguape 11.01 5.13% Metropolitana
ARACOIABA Aracoiaba 160 21.38% Metropolitana
BATENTE OCARA 33.51 9.36% Metropolitana
CASTRO Itapiúna 62.31 2.42% Metropolitana
CATUCINZENTA Aquiraz 24.9 8.5% Metropolitana
MACACOS Ibaretama 10.32 12.63% Metropolitana
MALCOZINHADO Cascavel 36.55 21.79% Metropolitana
PACAJUS Pacajus 232 15.76% Metropolitana
PENEDO Maranguape 2.4 25.83% Metropolitana
PESQUEIRO Capistrano 9.031 10.42% Metropolitana
POMPEU SOBRINHO Choró 143 4.92% Metropolitana
SITIOS NOVOS Caucaia 126 0.86% Metropolitana
ATALHO Brejo Santo 108.25 2.7% Salgado
CACHOEIRA Aurora 34.33 14.3% Salgado
GOMES Mauriti 2.39 4.44% Salgado
JENIPAPEIRO II Baixio 41.4 0% Salgado
JUNCO Granjeiro 2.03 11.01% Salgado
LIMA CAMPOS Icó 66.38 29.78% Salgado
MANOEL BALBINO Juazeiro do Norte 37.18 7.36% Salgado
PRAZERES Barro 32.5 11.55% Salgado
QUIXABINHA Mauriti 31.78 2.83% Salgado
ROSARIO Lavras da Mangabeira 47.22 12.91% Salgado
SÃO DOMINGOS II Caririaçu 2.25 1.69% Salgado
THOMÁS OSTERNE Crato 28.78 13.51% Salgado
UBALDINHO Cedro 31.8 21.4% Salgado
JABURU I Ubajara 141 15.32% Serra da Ibiapaba
BARRAGEM DO BATALHÃO Crateús 1.53 5.07% Sertões de Crateús
BARRA VELHA Independência 99.56 0.01% Sertões de Crateús
CARNAUBAL Crateús 81 0.01% Sertões de Crateús
CUPIM Independência 4.55 0% Sertões de Crateús
FLOR DO CAMPO Novo Oriente 105 5.25% Sertões de Crateús
JABURU II Independência 106 4.07% Sertões de Crateús
REALEJO Crateús 31.55 5.89% Sertões de Crateús
SÃO JOSÉ III Ipaporanga 7.96 13.73% Sertões de Crateús
SUCESSO Tamboril 6.6 7.13% Sertões de Crateús

Dados extraídos às 16:42:09 25/01/2016
Informações atualizadas automaticamente a cada 7 minutos
Monitoramento dos açudes federais é realizado com apoio do DNOCS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *