TRE-CE indefere 110 candidaturas

Passado o último dia para substituições e julgamentos de candidaturas (última segunda-feira, 17), foram indeferidos 110 registros. Do total, conforme o TRE-CE, 86 já tiveram recursos julgados. Outros 24 nomes ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

Entre os nomes que não podem mais recorrer, aparece Lia Ferreira Gomes (PDT), indeferida por não ter realizado biometria e ter tido o título de eleitor cancelado.

 

Ao O POVO, em 8 de agosto, ela se disse confiante no deferimento, uma vez que estaria resguardada por exemplos de outros estados. “Estou bastante otimista, estou nem pensando muito nisso”.

 Outro nome é Domingos Filho, por ocupar cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), mesmo que em situação de disponibilidade. Ele deve apoiar a esposa, a ex-prefeita de Tauá Patrícia Aguiar (PSD).

 

O candidato ao Palácio da Abolição, Mikaelton Carantino (PCO) também teve registro indeferido, além de cinco correligionários. Carantino afirmou que seu recurso já está no TSE. Outra sigla, o PTC, chamou atenção pelo número de indeferimentos: 45.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *