Ceará registra queda de 9,5% no número de mortes violentas em 2015

O Ceará registrou a queda de 9,5% no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) – homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte –, no ano de 2015 em comparação com o ano anterior. Com isso, foram salvas 420 vidas, revelando a primeira queda de CVLI registrada nos últimos 17 anos no Estado. Os dados foram apresentados nesta segunda-feira (11), pelo governador Camilo Santana e pela vice-governadora Izolda Cela durante a reunião de monitoramento do Programa “Em Defesa da Vida”, na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em Fortaleza.

Em números absolutos, foram registrados 4.019 casos em 2015, contra 4.439 em 2014, resultando assim nas 420 vidas salvas no ano. Dos territórios do Estado, Fortaleza foi o que apresentou melhor resultado com diminuição de 17%, quase o triplo da meta estadual. Com isso, foram registrados 328 vidas salvas na Capital, com 1.651 crimes em 2015, comparados com 1.989 em 2014. Já na Região Metropolitana foi apresentado o segundo melhor resultado com queda de 10,3%, reduzindo de 860, em 2014, para 771, no ano passado. O Interior Norte teve queda de 2,3%, diminuindo de 681 no ano retrasado para 665 nos últimos 12 meses.

Dos territórios, apenas o Interior Sul teve alta de 2,4%, passando de 909 para 931. Apesar desse pequeno crescimento no ano, o Sul, que nos primeiros meses de 2015 vinha apresentando aumento nos índices de CVLI, começou a se recuperar e chegou a reduzir 0,8% no segundo semestre. A recuperação nos últimos seis meses do ano é resultado de investimentos feitos na região como a implantação da base da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) em Juazeiro do Norte, início das atividades do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e do Batalhão de Divisas no Cariri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *