MPF/CE e PRF discutem impactos de casas de shows na segurança de estradas

Locais de festas não atendem exigências legais para o funcionamento e contribuem, junto com o consumo de álcool, para o aumento de acidentes graves

MPF/CE e PRF discutem impactos de casas de shows na segurança de estradas

Foto: Ascom MPF/CE

O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) se reuniram, na terça-feira (29), para discutir os desafios da atuação policial diante do funcionamento irregular de casas de shows às margens de rodovias federais que cortam o estado. Levantamento da PRF mostra que há relação do aumento de número de acidentes graves com os dias de realização de festas, quando há consumo de bebidas alcoólicas.

Casas de shows que funcionam às margens de rodovias precisam cumprir uma série de exigências relacionadas a infraestrutura, tráfego de veículos e a outros aspectos, como a comunicação prévia de eventos às autoridades policiais.

De acordo com a PRF, nenhum dos estabelecimentos localizados nas proximidades do Anel Viário de Fortaleza atende completamente às normas legais. Recentemente, duas casas de shows chegaram a ser embargadas no dia de eventos que não haviam sido informados à PRF.

Os desafios do policiamento e os problemas de segurança nas estradas relacionados às casas de shows foram identificados, em maio, em visitas a delegacias realizadas pelo Grupo de Controle Externo da Atividade Policial do MPF/CE. Integrante do grupo, o procurador da República Márcio Torres convocou a reunião, da qual também participaram os procuradores Alexandre Meireles e Rômulo Conrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *