Deputados conseguem liberação de verba para obra que trará água até o Açude Orós

As obras do Cinturão das Águas do Ceará(CAC), a principal obra de segurança hídrica do Ceará, receberam repasse de R$ 150 milhões através do Ministério da Integração Nacional.

O pagamento ocorre após empenho da Bancada do Ceará, junto a Secretaria de Governo e com a contribuição direta do Ministro Helder Barbalho da Integração Nacional , com a sua sensibilidade com a emergência hídrica do Ceará.

A verba será utilizada para concluir o trecho 1 do Cinturão das Águas e foi liberada pelo Governo Federal através de empenho de emenda impositiva que é um sistema de apresentação de emenda coletiva , ou seja da bancada de deputados que representam o Ceará no Congresso Nacional. Com a liberação o governo do estado poderá acelerar a obra que é uma das alternativas para trazer segurança hídrica ao estado e assim evitar o “colapso” hídrico.

O ceará esta entrando no 6º ano seguido de seca e ainda não há uma previsão sobre a próxima quadra invernosa e a chegada das águas do São Francisco no estado é a principal alternativa para que o Ceará.

O primeiro trecho da obra do CAC será interligado a barragem de Jati e partir daí as águas deverão chegar ao Rio Cariús que levará até o Açude Orós. Através do Cinturão das Águas, as águas do São Francisco chegarão a rios, riachos e aos principais açudes do Ceará(Orós e Castanhão).

No projeto do CAC consta o desvio da água para encurtar o percurso. O objetivo é levar água diretamente do Jati ao Rio Salgado e a partir daí ao Castanhão.

Agora resta aguardar para que a burocracia dos órgãos públicos não atrase o andamento das obras, e que estas possam ser concluídas o quanto antes.

Para saber mais sobre o Cinturão das Águas clique aqui

TRANSNORDESTINA

Outra importante obra também terá R$ 150 milhões liberados que é a Ferrovia Transnordestina que recebeu novo aporte de recursos nesta semana. Com 1.728 km de extensão, a Ferrovia Nova Transnordestina ligará o Porto de Pecém, em São Gonçalo do Amarante, no estado do Ceará, ao Porto de Suape, em Ipojuca, estado de Pernambuco, além do cerrado do estado do Piauí, no município de Eliseu Martins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *