Prefeito Simão Pedro participa de seminários Novos Gestores

A Confederação nacional dos Municípios congrega os gestores de todos os municípios brasileiros e realiza neste final de ano os seminários “Novos Gestores”. O evento tem como objetivo discutir com os prefeitos eleitos para o próximo quadriênio(2017-2020) os cenários e os desafios que os gestores irão enfrentar. Também será ofertada capacitação técnica nas principais áreas da gestão pública, lições bem-sucedidas, apresentação de inúmeras conquistas alcançadas nos últimos anos, entre outras orientações.

O evento é promovido pela CNM que banca as despesas dos participantes. Os seminários são divididos por área, com cada região do país tendo sua data específica, dada as particularidades de cada uma.

Na foto o prefeito de Orós Simão Pedro; Prefeito Roberto Cláudio(Fortaleza); Prefeito Chico Cordeiro(General Sampaio); Prefeita Roberlandia Ferreira(Guaramiranga) e Webston Pinheiro(Solonópole).
Na foto o prefeito de Orós Simão Pedro; Prefeito Roberto Cláudio(Fortaleza); Prefeito Chico Cordeiro(General Sampaio); Prefeita Roberlandia Ferreira(Guaramiranga) e Webston Pinheiro(Solonópole).

Delegação cearense participa do seminário.

Mais de uma centena de prefeitos e prefeitas escolhidos pela população cearense nas últimas eleições municipais participarão, de 9 a 11 de novembro, do Seminário Novos Gestores da Confederação Nacional de Municípios (CNM), em Brasília. A Aprece está organizando a ida dos novos administradores municipais, sob o patrocínio da CNM, estando à frente de toda a mobilização no Estado.

 

O Seminário, já realizado com gestores de outras regiões do País, contemplará prefeitos de todos os estados do Norteste. A ideia é sensibilizar e capacitar para uma administração de qualidade. Trata-se de um espaço propício para a administração que se inicia. Serão repassadas lições e experiências bem-sucedidas, além de apresentadas inúmeras conquistas alcançadas nos últimos anos, entre outras orientações para os recém-eleitos.

 

Para o presidente da Aprece, Expedito José do Nascimento, a iniciativa da CNM é digna de aplausos, uma vez que os novos gestores precisam de informações e orientações claras para enfrentar os muitos desafios aguardados para os próximos quatro anos. “Esse é o momento de buscar conhecimento e planejar as ações. É fundamental que os gestores já iniciem seus mandados focados nos desafios a serem superados e envolvidos na luta municipalista”, disse Expedito.

 

Durante a programação do Seminário Novos Gestores da CNM a Aprece terá um momento específico com os novos prefeitos e prefeitas cearenses. A ideia é apresentar em detalhes a entidade municipalista cearense e aproximar os gestores das ações que vem sendo implementadas no Estado em favor das administrações municipais.

 

Novos Gestores da Aprece

E para repassar ainda mais informações e contribuir de forma decisiva já no inicio das novas gestões, a Aprece realizará, nos dias 25 e 26 de janeiro, na Fábrica de Negócios, em Fortaleza, o seu VI Seminário Novos Gestores. Na oportunidade, haverá capacitações em Saúde, Educação, Gestão Pública, Ação Social, Meio Ambiente; além de trocas de experiências e exposições de soluções de gestão em diversas áreas.

Prefeitos eleitos buscam informações para aumentar receita em stand de Finanças

Em busca de meios para aumentar a arrecadação das Prefeituras, diversos gestores municipais procuram orientações no stand de Finanças, nas instalações do Seminário Novos Gestores, em Brasília. Além de tratar do tema em palestras, na programação do evento, os especialistas da Confederação Nacional de Municípios (CNM) apresentam algumas ações simples que podem ser adotas pelos prefeitos para alcançar tal objetivo.

As técnicas da área financeira da entidade, Fabiana Santana e Thalyta Alves, contam que desde o início da semana, mais de 600 prefeitos já passaram pelo stand, e muitos deles receberam um panorama com a previsão de transferência do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para 2017 e com diversos outras estimativas de receita. Como por exemplo, a arrecadação atual dos Impostos Sobre Serviços (ISS), Territorial Rural (ITR), sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e de Transmissão de Bens Imóveis Inter-Vivos (ITBI).

No caso do IPTU, a Prefeitura pode promover um recadastramento de imóveis e atualizar a Planta Genérica de Valores (PGV). Já no ITR, se houver considerável quantidade propriedades contribuintes, assinar o convênio com a Secretaria da Receita Federal (SRF) para receber 100% da verba. Para aqueles que já possuem o convênio com a Receita e fazem à fiscalização do ITR, a dica para aumentar a arrecadação é atualizar o Valor da Terra Nua.

“Quem tem área rural grande com potencial de arrecadação deve efetivar o convênio, porque está perdendo receita”, alertam as especialistas na CNM. Outras alternativas apresentadas a alguns Municípios são: a possibilidade de aumentar o repasse do FPM, por meio da participação populacional, e convênio com Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Serasa para inscrição de contribuintes inadimplentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *