ELEIÇÕES 2016 – ENTREVISTA

Os representantes da Justiça Eleitoral de Orós e os responsáveis pelos orgãos de segurança pública no município falaram nas emissoras locais sobre os preparativos para as eleições de domingo(2 de Outubro).

A meritíssima juíza Leila Regina falou sobre as regras e condutas a serem obedecidas nos dias que antecedem a eleição e no domingo, como propaganda irregular, transporte de eleitores, aglomeração de eleitores, etc. E falou também sobre o horários das eleições. A juíza eleitoral informou que os eleitores não poderão portar aparelhos celulares na cabine de votação, e também falou das portarias que tratam do toque de recolher no Sábado a aprtir das 22h e sobre a proibição da venda e fornecimento de bebidas alcoólicas das 18h00 de sábado até as 6h00 de segunda-feira.

O Promotor Eleitoral Marcos Barbosa falou sobre as vedações de propaganda no dia da eleição como o derrame de santinhos que não será permitido e é considerado crime. também tratou sobre denuncias de abuso de poder econômico e compra de votos, citando o aplicativo pardal da justiça eleitoral que pode ser utilizado para denúncia. O representante do ministério público lembrou que o eleitor poderá se utilizar de salvo conduto da justiça eleitoral se sentir que seu direito a livre escolha de candidatos está ameaçado através de coação. O promotor também afirmou que todos os candidatos estão aptos a receberem votos e que não existe notícia de indeferimento de nenhum candidato e que eventuais noticias de que candidatos estão impedidos de receber votos são inválidas.

também participaram o Delegado Civil Joel Moraes e o comandante da Polícia Militar no município Tenente José Leandro também falaram sobre os preparativos para garantir a segurança no pleito eleitoral.

Confira : ENTREVISTA ELEIÇÕES EM ORÓS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *