Reunião define alocação de água do açude Tigre em Solonópole

A simulação de vazão do reservatório para o segundo semestre de 2016.2 foi definida para 2 l/s

Com o objetivo de discutir e definir a alocação de água para o segundo semestre de 2016, a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), por meio da Gerência Regional das Bacias do Baixo e Médio Jaguaribe realizou, no dia 26 de julho, a Reunião da Alocação da Água do açude Tigre, no Grupo Escolar do Mineiro, em Solonópole.

Na ocasião o coordenador do Núcleo de Gestão, Leandro Nogueira, fez uma apresentação sobre recursos hídricos e meio ambiente, com foco na preservação ambiental às margens do reservatório. Também destacou a importância do uso racional da água nas comunidades atendidas pelo açude Tigre.

Durante a reunião também foi apresentado pelo analista de Gestão de Recursos Hídricos, Humberto Azevedo, os dados técnicos do reservatório, e o boletim dos açudes da Bacia do Médio Jaguaribe. Após a apresentação dos dados, ficou definido que permaneceria a liberação de 2 l/s para abastecimento humano.

Estiveram presentes na reunião o representante do  Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Solonópole, Elisiário Nogueira, o Agente de Guarda e Inspeção de Reservatório ( AGIR), Antônio Moreira, representantes da sociedade civil organizada e usuários e o Apoio do Núcleo de Gestão da Gerência das Bacias do Baixo e Médio Jaguaribe, Emília Régis.

O Açúde Tigre  está hoje com 9,64% de sua capacidade com 0,34 hm³(hectômetros cúbicos). O Riacho do Sangue, principal reservatório do município de Solonópole, se encontra hoje com 1,07hm³ o que equivale a 1,83% da capacidade total do Açude.

Obs.: Cada hectômetro cúbico equivale a 1.000.000 de metros cúbicos

Com informações da Assessoria de Comunicação e Marketing da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos – Cogerh

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *