Plantão Policial do final de semana

MORTE POR AFOGAMENTO EM ORÓS –

No último Sábado, 28 de Maio, um jovem de 23 anos morreu vítima de afogamento em Orós, próximo a ponte sobre o Rio Jaguaribe. A Vítima foi identificada como Emanuel Welingotn dos Santos, nascido em 05/05/1993, natural de Acopiara/CE, que trabalhava no circo que está instalado na cidade de Orós/CE e residente no Sitio Umarizinho, zona rural de Acopiara/CE. A vitima foi retirada das águas pelos Bombeiros Civis FRANCISCO DE ASSIS E ROGÉRIO e o corpo levado para o hospital municipal de Orós/CE, pela equipe do SAMU, e posteriormente foi conduzido pelo rabecão, para o IML de Iguatu/CE.

LESÃO CORPORAL E BALA E HOMICÍDIO MOVIMENTAM O PLANTÃO POLICIAL DESTE DOMINGO.

Na noite deste domingo, 29 de Maio, o plantão policial registrou uma lesão corporal a bala e um homicídio. No inicio da noite por volta das 19h30 a polícia foi informada que havia uma motocicleta   Ronda CG 150 Titan, vermelha e de placa HYA 3789 inscrição de Orós, caída ao solo na CE 153 na saída da cidade para o distrito de Lima   Campos, mais precisamente no sitio Mirador, cerca de 07 km da sede do município.

Ao chegar ao local a polícia encontrou a motocicleta e percebeu que mais a frente uma pessoa pedia socorro dentro do matagal às margens da CE, sendo localizada e identificada como ANTONIO MARCOS FERNANDES, conhecido por “Fuscão”, 26 anos, que apresentava uma perfuração a bala abaixo do peito esquerdo, sendo socorrido ao hospital local medicado e transferido para o Hospital Regional de Icó-CE devido a gravidade da lesão. A vitima relatou que saiu da casa de uma tia, no sitio Rochedo e quando se deslocava para a zona urbana da cidade foi seguido por uma motocicleta Bros de cor preta, veículo ocupado pelos atiradores, porém não os reconheceu.

HOMÍCIDIO

Por volta das 20h30 forma ouvidos disparos, próximo a EMATERCE onde nas proximidades do local Laercio Pinheiro Bezerra, 15 anos foi vítima de homicídio. O adolescente apresentava um perfuração a bala acima do supercílio direito e outro na boca. Segundo informações indivíduos foram vistos correndo pelas ruas próximas após os disparos, porém não havia informações sobre quem havia praticado o homicídio. O rabecão do IML de Iguatú foi acionado para recolher o corpo e realizar os procedimentos legais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *