Professores do estado em Orós aderem a paralisação

Professores do estado da E.E.M. Epitácio Pessoa aderiram a greve geral dos professores estaduais. A greve estadual foi aprovada em assembleia no dia 20 de Abril, tendo o 1º dia de paralisação marcado para o último dia 25 de Abril. A categoria reclama que a data-base da categoria, de 1º de janeiro, não foi respeitada e reivindica reajuste de 12,67%, entre outros itens.

Os professores da E.E.M. Epitácio Pessoa divulgaram carta circular, com o objetivo de informar a comunidade oroense, em especial os alunos e pais de alunos, quais os motivos da paralisação que foi motivada pelas seguintes reivindicações.

1 – Volta dos PCA´s;

2 – mais tempo para os laboratórios;

3 – reforma real nas estruturas das escolas, nem teto caindo nem “saunas” de aula.

4 – Aumento do valor da merenda escolar por aluno: R$ 0,30 não dá;

5 – Tempo de afastamento para estudo sem limitar o quantitativo de professores a serem afastados sem o limite de tempo entre um afastamento para Mestrado e Doutorado;

6 – Reajuste Já;

7 – Manutenção do PPDT;

8 – Não as organizações sociais;

9 – Direitos iguais aos efetivos e temporários;

10 – Reajuste no vale alimentação;

11 – Por um ISSEC de melhor qualidade e sem limites de consulta.

Os professores da E.E.M. Epitácio Pessoa também convocaram os alunos a comparecerem na próxima quinta-feira(5.5) em frente a Escola Epitácio Pessoa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *